Vices que amamos: O meteórico São Caetano de 2002

Queridinho do Brasil no início dos anos 2000, o São Caetano peitou a América em uma campanha memorável como finalista da Libertadores, em 2002. Mas os vacilos na decisão impediram que o Azulão entrasse para o seleto grupo dos campeões continentais.

Continue lendo “Vices que amamos: O meteórico São Caetano de 2002”