A extinção do futebolista de um time só

Giorgio-Carpi

Giorgio Carpi foi um dos primeiros jogadores a defender a Roma, no ano da fundação do clube, em 1927. Não era craque, nem sequer foi titular, mas escreveu uma história que muitos apenas podem sonhar em repetir. E a sua espécie está em extinção: a do jogador que tem um time de coração e faz o possível para continuar defendendo-o.

Continue lendo “A extinção do futebolista de um time só”

Grandes seriados adaptados ao futebol, parte 2

Inter-Adriano_full_diapos_large

Sabemos que vocês adoraram a primeira parte deste post, então resolvemos dar chance a outros seriados. É possível que tenhamos repetido alguns personagens, mas o que você precisa saber é que sim: a brincadeira continua maravilhosa.

Continue lendo “Grandes seriados adaptados ao futebol, parte 2”

Por que é tão difícil para Ceni dizer adeus

Vendo todas as homenagens pra mim parece que eu morri. Dizem que jogador morre duas vezes, mas essa, pelo menos, eu estava vivo pra ver. Aí cheguei em casa, vi minha roupa de concentração e pensei: morri mesmo. (Marcos, ex-goleiro do Palmeiras, em 2012)

Rogério Ceni teve tudo o que imaginava e um pouco mais como goleiro do São Paulo. Titular desde 1997, quando sucedeu Zetti na meta tricolor, o camisa 1 atravessou diferentes fases do clube nestes 25 anos de Morumbi.

Continue lendo “Por que é tão difícil para Ceni dizer adeus”