As coincidências entre os heróis da Fórmula 1 e do futebol

Schumacher em amistoso beneficente em 2003 / Foto: F1Fanatic
Schumacher em amistoso beneficente em 2003 / Foto: F1Fanatic

Por Felipe Portes e Lílian Trigo

Bem amigos, chegou aquela época do ano em que deixamos de lado as chuteiras e ficamos de olho na bandeira quadriculada. Não só o futebol tem craques, atrás do volante existem pilotos que são puro carisma.

Continue lendo “As coincidências entre os heróis da Fórmula 1 e do futebol”

Times memoráveis do Brasileirão: o Santos de Pelé

O futebol precisa se curvar aos feitos de Pelé e seu magnífico Santos, dono da década de 1960. Se hoje o Brasil é conhecido no mundo todo em virtude do futebol, nada mais justo atribuir isso ao Rei e mais um batalhão de craques que passaram pela Vila Belmiro durante o seu reinado. Para encerrar a série ‘Times memoráveis do Brasileirão’, falamos deste hors-concours do esporte brasileiro.

Continue lendo “Times memoráveis do Brasileirão: o Santos de Pelé”

O misterioso herdeiro da camisa 10 de Pelé no Santos

O Santos ficou órfão de sua estrela maior em 1974, quando Pelé anunciou sua aposentadoria. Para entrar nos novos tempos, já que o clube parou de enfileirar títulos brasileiros e paulistas, era preciso inovar ou apostar em quem ninguém estava esperando.

Continue lendo “O misterioso herdeiro da camisa 10 de Pelé no Santos”

Artime não precisou de 1000 gols para ser um gênio da pequena área

Pelé, Romário e Túlio têm algo em comum: todos eles marcaram 1000 gols na carreira. Viviam do gol e vão morar eternamente na memória do torcedor que se lembra desta tão rara façanha, hoje levada mais como folclore do que exatamente um recorde. Mas a questão é: será que eles foram os únicos a alcançar o milésimo?

Continue lendo “Artime não precisou de 1000 gols para ser um gênio da pequena área”

Os onze homônimos mais notáveis do futebol

O Luciano é o novo Tupãzinho. Já vamos começar a chamar ele de Tupã por aqui. Tomara que também possa fazer algum gol de título. (Fabio Santos, em 2014, sobre Luciano, atacante do Corinthians)

Continue lendo “Os onze homônimos mais notáveis do futebol”

Isso é Copa: Poderia ser qualquer um, mas foi Amarildo

Se o tempo pudesse passar logo, seria bom que corresse logo até o mês de junho. A partir desse momento, o mundo vai parar em torno de um só evento, que a cada quatro anos revive a magia de um esporte que cria heróis insólitos, conta histórias reais tão inacreditáveis quanto a fantasia. Isso é Copa.

Continue lendo “Isso é Copa: Poderia ser qualquer um, mas foi Amarildo”