Mendieta, o rosto de uma geração frustrada na Espanha

Cheia de moral, a Espanha chegou às quartas de final da Copa do Mundo de 2002 e nutria grandes sonhos para o fim do torneio, sediado na Coreia do Sul e no Japão. Mendieta era um dos mais regulares da Fúria e seu talento era reconhecível em apenas alguns toques. No entanto, o destino foi um pouco cruel com a carreira do meia basco.

Continue lendo “Mendieta, o rosto de uma geração frustrada na Espanha”

Por que Juninho e Gilberto Silva estão entre os 100 maiores estrangeiros da Premier League

Em lista elaborada pela Four Four Two, Gilberto Silva e Juninho Paulista foram lembrados entre os 100 melhores estrangeiros da história da Premier League. Desde 1992, brasileiros encontram dificuldade para brilhar neste mercado, mas os dois provaram ser exceções.

Continue lendo “Por que Juninho e Gilberto Silva estão entre os 100 maiores estrangeiros da Premier League”

Se a feiúra pesasse para um jogador, Stiles seria o melhor do mundo

Foto: Allsport Hulton/Archive
Foto: Allsport Hulton/Archive

Toda criança passa por um período de provações até o dia em que aprende a lidar com a ironia alheia. Em algum momento da vida, essa criança vai perder os dentes da frente (pode ser que não ao mesmo tempo) e virar chacota entre os coleguinhas de escola ou de bairro. O volante inglês Nobby Stiles passou sua carreira inteira jogando sem os dentes da frente e usou isso a seu favor para intimidar adversários. Certamente uma vitória dos desacreditados.

Continue lendo “Se a feiúra pesasse para um jogador, Stiles seria o melhor do mundo”

O resto da vida de Juninho após a entrada violenta de Salgado

Foto: Colchoneros.com
Foto: Colchoneros.com

Juninho Paulista saiu do São Paulo com status de promessa para a segunda metade dos anos 1990. Assinou com o Middlesbrough em 1995 e depois foi para o Atlético de Madrid em 1997, como um dos grandes jogadores da equipe colchonera. Tudo isso ficou em xeque quando o pequeno sofreu uma lesão que lhe tirou da Copa de 1998. O sofrimento do jogador naquela fase foi o impulso para a recuperação e a volta por cima.

Continue lendo “O resto da vida de Juninho após a entrada violenta de Salgado”