Platini e o canto do cisne do grande Saint-Etienne

Michel Platini liderou o Saint-Etienne ao título em 1981, encerrando um período dourado para os alviverdes. A conquista da Ligue 1, por margem estreita em relação ao Nantes, representou o fim de toda a glória do maior campeão nacional da França.

Continue lendo “Platini e o canto do cisne do grande Saint-Etienne”

Onze ‘chaminés’ que fizeram história no futebol

-Platini, me diga uma coisa, você fuma durante o intervalo?

-Sim… mas não se preocupe com isso, de verdade. O importante é que (Massimo) Bonini não fume, pois ele é que corre por mim em campo.

(Michel Platini, em resposta a Gianni Agnelli, principal acionista da Fiat e dono da Juventus, nos vestiários, durante os anos 1980)

Continue lendo “Onze ‘chaminés’ que fizeram história no futebol”

Isso é Copa: Na chuteira de Platini contra a Alemanha em 1982

Capitanear uma seleção em Copas do Mundo não é tarefa para qualquer Zé Mané, especialmente num Mundial em que algumas das equipes mais fortes lutavam por uma vaga na decisão contra a Itália. Inserido neste contexto, imagine que você é Michel Platini, craque da França em 1982, que precisa liderar seu time não menos talentoso, contra a Alemanha de Breitner.

Continue lendo “Isso é Copa: Na chuteira de Platini contra a Alemanha em 1982”