Como Totti poderia se vingar da diretoria da Roma de maneira épica

A Roma já perdeu o seu grande ídolo. A partir do momento em que foi saudado por sua torcida no Olimpico, Francesco Totti saiu de cena como um ícone maior que a própria equipe que o revelou. Fica cada vez mais claro que a saída de Francesco foi por imposição da diretoria. Mas achamos ele poderia muito bem se vingar de seus detratores.

Continue lendo “Como Totti poderia se vingar da diretoria da Roma de maneira épica”

Antonio Cassano e a luta contra a própria maluquice

Craque italiano revelado no começo da década de 2000 mostrou indiscutível talento em diversas fases da carreira. Mas os problemas extracampo e o temperamento difícil prejudicaram a evolução de Antonio Cassano, ídolo na Roma e na Sampdoria.

Continue lendo “Antonio Cassano e a luta contra a própria maluquice”

Dario Simic foi uma farsa ou um talento incompreendido?

Cem jogos pela Croácia. Três Copas do Mundo, três Eurocopas e passagens por dois dos maiores clubes italianos: este é o currículo de Dario Simic, que para muitos, foi um grande defensor. Para outros, uma promessa jamais cumprida.

Continue lendo “Dario Simic foi uma farsa ou um talento incompreendido?”

Taribo West e as feras africanas de decadência prematura

Ícone da Nigéria noventista, o lateral Taribo West ganhou o mundo com o seu carisma e seu cabelo verde. Com passagens por grandes clubes europeus, o atleta teve uma decadência prematura na carreira. A explicação veio anos depois: ele tinha idade adulterada, como vários outros craques nigerianos.

Continue lendo “Taribo West e as feras africanas de decadência prematura”

O último scudetto do Bologna ficou marcado por mistério no doping

Equipe campeã italiana em 1964 chegou a ser punida por doping, mas mesmo assim levantou o título após partida extra contra a Internazionale. Cinco jogadores foram pegos por uso de anfetamina, mas ninguém foi punido por isso após a segunda instância.

Continue lendo “O último scudetto do Bologna ficou marcado por mistério no doping”

Hakan Sukur, o goleador que elevou o patamar da Turquia no futebol

Lenda do futebol turco, Hakan Sukur marcou quase 400 gols em longa carreira. Responsável pela grande fase do seu país nos anos 2000, o camisa 9 fez muito sucesso pelo Galatasaray, mas não conseguiu se firmar em clubes do exterior.

Continue lendo “Hakan Sukur, o goleador que elevou o patamar da Turquia no futebol”

A carreira de van der Meyde foi destruída pelo azar e pela farra

Hábitos boêmios e vida frenética fora dos campos abreviaram uma carreira que tinha tudo para ser brilhante. Revelação do Ajax nos anos 2000, Andy van der Meyde chegou a dar voos altos na Europa, mas acabou caindo anos depois sem nenhum pedaço do prestígio que sonhara.

Continue lendo “A carreira de van der Meyde foi destruída pelo azar e pela farra”

[Yahoo] Internazionale sonha em reforçar a sua defesa, mas alvos são caros

O momento na Internazionale é de se desfazer das contratações que não deram certo no passado recente. A missão de limpar o elenco já no meio da temporada é louvável, para evitar uma campanha desastrosa ao fim do mês de maio. Entretanto, também se fala em reforços nos lados interistas de Milão. Marquinhos e Manolas estão na mira, só que não chegarão por pouco dinheiro. A Inter terá de abrir outra vez seus cofres.

LEIA NO YAHOO

Sexta das Camisas: 10 uniformes alternativos com cores de rivais

Internazionale camisa vermelha Palacio

Não é todo mundo que rivaliza com outro clube e prega ódio a outras cores. Ao longo da história do futebol, podemos dividir cidades entre times, torcidas e camisas. O que tem de corintiano com horror a verde não está escrito. E é com base nesta oposição que fazemos a Sexta das Camisas desta semana: clubes que usaram uniformes com cores do rival.

Continue lendo “Sexta das Camisas: 10 uniformes alternativos com cores de rivais”