O que teria acontecido com a carreira de Milan Baros?

Destaque do Liverpool campeão europeu em 2005, o tcheco viveu seu auge até a Copa de 2006, mas nunca mais conseguiu repetir a boa forma. Teria Milan Baros estourado cedo demais para o futebol?

Continue lendo “O que teria acontecido com a carreira de Milan Baros?”

Panenka, o artista por trás da primeira cavadinha do futebol

panenka
Numa época de muitos meias talentosos como Cruyff, Antognoni, Rivellino e Platini, um homem de bigodes (característica natural na década de 1970) se notabilizou em território europeu de uma forma um tanto quanto ousada: batendo um pênalti decisivo em uma final de Eurocopa com estilo.

Continue lendo “Panenka, o artista por trás da primeira cavadinha do futebol”

Eurocopa, a final: O fim dos doze anos de amargura

Portugal campeão

Portugal faz partida monumental e vence a França com gol no segundo tempo da prorrogação. Sem Cristiano Ronaldo, machucado, lusitanos superaram todos os prognósticos para reverter o trauma de 2004, quando saíram derrotados da final contra a Grécia.

Continue lendo “Eurocopa, a final: O fim dos doze anos de amargura”

Fábulas da TF: A Última Geração Belga

Hazard Bélgica 2

Por Daniel Tomiate

Quem comemorou a derrota da Ótima Geração Belga para a seleção galesa de Bale e Ramsey não poderia imaginar que aquele jogo havia sido o último do país unificado em uma competição oficial. O referendo que decidiu pela saída do Reino Unido da União Europeia, votado enquanto a UEFA Euro acontecia, havia selado o destino da Bélgica e o de outras nações europeias.

Continue lendo “Fábulas da TF: A Última Geração Belga”

Eurocopa, dia 22: Uma aula de como neutralizar um campeão

Foto: Uefa
Foto: Uefa

França faz jogo eficiente e corajoso para eliminar a Alemanha e jogar outra final em casa pela Eurocopa. Griezmann decidiu e apareceu na hora certa para fazer os gols e levar a sua seleção mais longe. Atacante é o artilheiro da competição, com seis tentos.

Continue lendo “Eurocopa, dia 22: Uma aula de como neutralizar um campeão”

Eurocopa, dia 21: Uma estratégica seleção portuguesa na final

Foto: Uefa
Foto: Uefa

Com gols de Cristiano Ronaldo, aos 50′, e Nani, aos 53′, Portugal encerra o sonho de País de Gales e conquista vaga à final da Euro. Plano tático de Fernando Santos foi determinante para apontar fragilidades dos galeses. Um heroico Gareth Bale não foi suficiente para superar os lusos, que venceram a primeira nos 90 minutos justamente na semifinal.

Continue lendo “Eurocopa, dia 21: Uma estratégica seleção portuguesa na final”

Guia musical da Euro 2016: Gales x Portugal

Wales-fans-are-seen-prior-to-kickoff

No canto direito, Portugal, que atravessou o Atlântico procurando as Américas e acabou descobrindo o Brasil. No canto oposto, os galeses, povo maluco que deu muito trabalho para os romanos. Mais importante que o duelo entre Cristiano Ronaldo e Gareth Bale é saber se você prefere um pastelzinho de Belém ou um belo terno Príncipe de Gales.

Continue lendo “Guia musical da Euro 2016: Gales x Portugal”

Guia musical da Euro 2016: França x Islândia

tb32c273

No quesito grito de guerra, não tem pra ninguém, a Islândia ganha de lavada. Os vikings mais uma vez querem chegar a Paris e, no fundinho, todos nós estamos torcendo por eles. Mas sabemos que é muita falta de educação tocar o terror na casa dos outros, ainda mais quando o anfitrião recebe com queijo brie, champanhe, pain perdu, bife bourguignon e crème brûlée…

Continue lendo “Guia musical da Euro 2016: França x Islândia”

O outro Ragnar herdeiro de Odin

2594

Ragnar Sigurðsson entoou o o coro viking junto com os companheiros e calou a torcida inglesa, assim como fez, durante os séculos VIII e IX,  o rei que lhe empresta o nome. Foi do camisa 6 da Islândia o primeiro gol – e o primeiro prego no caixão da Inglaterra – que levou sua seleção onde nenhum outro tinha levado. As semelhanças entre os dois Ragnars não termina aí. Os dois, descendentes de Odin, parecem bafejados pelos deuses e destinados a grandes feitos.

Continue lendo “O outro Ragnar herdeiro de Odin”