Noite de Libertadores: A coragem vale ouro

Foto: Globoesporte.com

Em noite de empates para os brasileiros na Libertadores, o Botafogo roubou a cena fazendo uma grande partida contra o favorito do grupo. No atual contexto, segurar o Barcelona de Guayaquil no Equador é um grande mérito. O Grêmio, por outro lado, passou perto de vencer o Guaraní em Assunção.

Continue lendo “Noite de Libertadores: A coragem vale ouro”

Noite de Libertadores: O espírito velho e o susto

Com Verón em campo outra vez, o Estudiantes perdeu em casa para o Barcelona de Guayaquil. Já o Grêmio, estreou na sua Arena contra o Iquique, deu um banho de futebol na primeira etapa e quase entregou o ouro nos 45 minutos finais. A Libertadores voltou e voltou com tudo.

Continue lendo “Noite de Libertadores: O espírito velho e o susto”

Noite de Libertadores: De puxeta em puxeta, o Botafogo segue em delírio

Foto: GloboEsporte.com

Botafogo faz a sua estreia na fase de grupos e se dá bem no Nilton Santos. Com um placar apertado e muito sufoco, o Alvinegro deu um presentão ao técnico Jair Ventura ao vencer o Estudiantes. No outro jogo da chave, o Barcelona de Guayaquil peitou o Atlético Nacional em duelo eletrizante.

Continue lendo “Noite de Libertadores: De puxeta em puxeta, o Botafogo segue em delírio”

Manga, o gigante inocente e gentil

Entre as muitas histórias, há uma acontecida em sua primeira viagem à Europa. No aeroporto de Madrid, ele leu uma ficha na entrada do país: “Apelido” (nome, em espanhol). Escreveu: Manga. Mais embaixo, “Nombre del padre”. Benzeu-se. (Revista Placar, em 1975, sobre a ingenuidade de Manga)

Continue lendo “Manga, o gigante inocente e gentil”