Cada fim é um recomeço

Desta vez não vamos parar apenas para férias. A Todo Futebol, como um projeto de site que já tem seis anos de história, encerra as suas atividades neste mês de novembro, para dar lugar a outras empreitadas. Mas antes de cortar os plugues e desligar os cabos, devemos a vocês algumas explicações.

A TF sobreviveu nestes últimos sete meses com a ajuda de raros colaboradores no projeto do XXV de Amsterdã, um crowdsourcing que visava arrecadar fundos para viabilizar custos com hospedagem e a própria sequência do abastecimento de conteúdo por aqui. Entretanto, não chegamos nem à metade da nossa meta inicial, que seria premiada com a produção de uma revista em formato digital. Este era o primeiro grande plano a ser executado.

Se dedicar inteiramente a um site, como imaginamos que vocês saibam, requer algum esforço e regularidade. Como editor e produtor de material para a TF, posso dizer que a experiência foi interessante do ponto de vista de pesquisa e interação. Foram raros os comentários negativos criticando o trabalho por aqui, nestes seis anos. Por outro lado, a TF ainda estava escondida na mídia esportiva brasileira e não teve apoio maciço para seguir em frente. Devemos a exposição aos leitores fieis do site e especialmente à Trivela, que nos deu espaço ao longo desses anos com indicações e parcerias.

O site representou uma fonte de esperança de dias melhores. Entretanto, o momento no jornalismo não é bom. Nem para os veículos grandes, tampouco para os pequenos que não contam com verbas comerciais ou investimentos pontuais. E da minha parte, a competência nula em marketing e estratégias de divulgação talvez tenham cobrado seu preço. Não pude e nem poderei tentar aperfeiçoar o que sei nesse sentido enquanto sigo caminho para outra área profissional completamente diferente do que venho fazendo desde 2009, quando comecei a escrever regularmente em blogs.

Obviamente fica um gosto amargo por ter de encerrar (ainda que temporariamente) o trabalho por aqui, sem alcançar sequer a primeira das metas. Mas em contraste a isso, fiz boas amizades e consegui boas companhias para a equipe, como a sensacional Lilian Trigo, que tem enorme responsabilidade no período mais criativo e frutífero da TF. Com ela ao nosso lado, batemos recordes de audiência inimagináveis. Esta fase, em especial, representou um ponto fora da curva na história do projeto, já que na maioria do tempo, estive sozinho com toda a responsabilidade de produção, edição e pesquisa. Foi bom, mas não está mais dando certo em virtude dos conflitos de agenda.

O próximo passo

Deste fim da TF, nasce uma revista digital (e talvez impressa, caso tudo corra como planejado), a Relvado. Conto com mais três personalidades fantásticas do meio para fazer isso ir adiante. E será esta a minha última contribuição jornalística. Não tenho mais idade para acumular fracassos e projetos pensados no desespero. Já falhei demais e não admito errar outra vez. Agora é hora de acertar o tiro. Usaremos desta plataforma da TF para divulgar todos os detalhes e edições futuras antes que a Relvado ganhe casa própria em outro lugar.

O futuro da TF é o silêncio. Ao menos na plataforma WordPress, temos data de vencimento: em maio de 2019, as luzes se apagarão em definitivo e todo o conteúdo publicado aqui desaparecerá. Se até lá o Medium ainda estiver de pé, é este rumo que tomará o nosso acervo completo, estes seis anos de textos, coberturas e histórias marcantes. O Coração de Roma, meu blog pessoal sobre a equipe da capital italiana, segue normalmente, justamente por ser um hobby.

Foi um prazer imenso abrir este publicador a cada semana. Aos trancos e barrancos, na base do chutão para a frente, consolidamos um público respeitável. E paramos agora em novembro com a maior audiência de 2017, em um momento de transição para o projeto e para quem é responsável por ele.

Contamos com vocês para que a Relvado dê frutos mais saborosos a partir do próximo mês. E que a Todo Futebol tenha um espaço reservado na lembrança de quem passou por aqui e conheceu nossas histórias. Até logo e muito obrigado pelo apoio.

A bizarra relação entre discos dos Beatles e finais europeias do Celtic

Em duas ocasiões, o Celtic disputou o principal título europeu dias antes do lançamento de discos importantes dos Beatles. Em 1967 e 70, a banda mais famosa do mundo lançou “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” e “Let it Be”, enquanto os escoceses enfrentavam Internazionale e Feyenoord, respectivamente, pela final da Copa dos Campeões Europeus.

Continue lendo “A bizarra relação entre discos dos Beatles e finais europeias do Celtic”

Bateu pra fora! Um time apenas com atletas marcados por pênaltis

Esses caras podem até ter sido muito bons durante a carreira. Mas na hora de definir uma partida na marca do pênalti, caíram em desgraça e ficaram marcados para sempre. Separamos um time completo com eles, mas sem aquela crueldade de resumir tudo o que eles fizeram em um pênalti perdido.

Continue lendo “Bateu pra fora! Um time apenas com atletas marcados por pênaltis”

A estrada para incorporar de vez o VAR no futebol será longa

O árbitro Wilmar Roldán se complicou em Alemanha x Camarões, mesmo com a ajuda do Virtual Assist Referee (VAR), que está sendo testado na Fifa para a Copa das Confederações. O avanço tecnológico pode fazer milagres em caso de incompetência?

Continue lendo “A estrada para incorporar de vez o VAR no futebol será longa”

André Gomes e o mito do empresário bom de bico

Cliente da empresa de Jorge Mendes, a Gestifute, jogador português não tem feito tanto assim para estar na mira de gigantes. Reserva do Barcelona e tímido na seleção portuguesa, ainda precisa convencer, mas já movimentou milhões de euros em transferências e ainda pode levantar uma grana preta nos próximos meses.

Continue lendo “André Gomes e o mito do empresário bom de bico”

A nova proposta da FIFA e a necessidade de ver a bola em jogo

Diretor técnico da FIFA, Marco Van Basten propõe um debate para revolucionar o esporte. A começar pelo novo tempo de apenas 60 minutos, que consiste em abolir a cera e os acréscimos, um dossiê de mudanças está sendo estudado na entidade que gere o futebol mundial.

Continue lendo “A nova proposta da FIFA e a necessidade de ver a bola em jogo”

Montamos um time exclusivo para zagueiros. Conheça o Real Zagaroza

Na Semana especial dos zagueiros, promovemos a criação de um timaço apenas com defensores. Mas calma aí, não vai ser uma retranca absurda, pois escolhemos caras que também se deram bem jogando em outras posições. Este é o resultado: o Real Zagaroza.

Continue lendo “Montamos um time exclusivo para zagueiros. Conheça o Real Zagaroza”

Grandes clássicos do futebol: Um livro para exaltar a rivalidade

O amigo Caio Dellagiustina está com um projeto bem interessante para ser lançado. Estudando a maior paixão possível no mundo dos esportes, o livro “Grandes Clássicos do Futebol” pede passagem e a sua ajuda para fazer a iniciativa sair do papel.

Continue lendo “Grandes clássicos do futebol: Um livro para exaltar a rivalidade”

Escalamos um Barcelona apenas com holandeses. E ficou bom pra caramba

A segunda casa dos atletas holandeses no futebol é o Barcelona. Nenhum outro clube tem uma relação tão próxima com a Holanda como o gigante catalão. O primeiro foi o lendário Johan Cruyff, em 1973. E o último foi o jovem arqueiro Cillessen, que chegou em 2016 ao Camp Nou. Mas será que essa tropa laranja daria um time completo? Sim. E com direito a banco de reservas.

Continue lendo “Escalamos um Barcelona apenas com holandeses. E ficou bom pra caramba”

O jornalismo esportivo brasileiro está colhendo o que planta

A era da fofoca explodiu de vez com um ataque raivoso de Eduardo Baptista após a vitória do Palmeiras no Uruguai. Irritado com especulações e histórias de bastidor inventadas, o técnico protagonizou um momento de fúria que merece reflexão.

Continue lendo “O jornalismo esportivo brasileiro está colhendo o que planta”