Vices que amamos: Messias e o Santos de 1995

Mostrando força na reta final do Brasileirão de 1995, o Santos conseguiu uma de suas maiores viradas para eliminar o Fluminense nas semifinais. Entretanto, quando encarou o Botafogo de Túlio, lances polêmicos deram o tom da decisão no Pacaembu.

Continue lendo “Vices que amamos: Messias e o Santos de 1995”

Vices que amamos: A Portuguesa que encantou o Brasil

Em 1996, a Portuguesa desafiou a lógica do futebol nacional e sonhou com o título brasileiro. A última grande Lusa, nas mãos de Candinho, foi até a final e vendeu caro a taça para o Grêmio, que vivia seu auge sob o comando de Luiz Felipe Scolari.

Continue lendo “Vices que amamos: A Portuguesa que encantou o Brasil”

Carlos Kaiser: Quando o futebol foi um lugar seguro para os malandros

História absurda de malandragem fez de Carlos Kaiser um célebre caso de farsante no futebol brasileiro, após a sua aposentadoria. Depois que revelou como conseguia vagas em clubes profissionais mesmo sem jogar bola, o trambiqueiro se transformou em herói para uns e motivo de vergonha para outros. A trajetória polêmica de Carlos vai virar documentário.

Continue lendo “Carlos Kaiser: Quando o futebol foi um lugar seguro para os malandros”

A mística do Estádio da Rua Campos Salles, primeira casa do América-RJ

A história do Estádio da Rua Campos Salles acabou em 1961, pouco mais de uma década depois que o Maracanã foi inaugurado. Os anos no coração da Tijuca, no entanto, jamais serão esquecidos pela torcida do América.

Continue lendo “A mística do Estádio da Rua Campos Salles, primeira casa do América-RJ”

[Yahoo] Por que é um erro negociar atletas muito jovens com a Europa

Outra promessa muito nova do futebol brasileiro já está sendo cobiçada por clubes europeus. Vinicius Jr., do Flamengo, tem apenas 16 anos e está na mira do Barcelona. Mesmo que ele não saia agora, quais são as chances de obter sucesso ou de falhar? Apresentamos alguns argumentos e outros jogadores como exemplo disso.

LEIA NO YAHOO

O ano em que Toinho foi o melhor goleiro do Brasil

Foto: Tardes de Pacaembu

Revelado pelo Tiradentes e com ótima passagem pelo Sport, Toinho chegou ao São Paulo no ano do primeiro título brasileiro do Tricolor. Contratado para suprir a ausência de Waldir Peres, que servia a Seleção, o piaiuiense fechou o gol no Morumbi e forçou o técnico Rubens Minelli a fazer um rodízio na meta do time.

Continue lendo “O ano em que Toinho foi o melhor goleiro do Brasil”

Está aberta a competição do melhor camisa 9 do futebol paulista

Foto: Divulgação/Palmeiras

São Paulo e Palmeiras se mexeram e contrataram camisas 9 de respeito na última quinta-feira. Lucas Pratto e Miguel Borja elevaram o nível dos elencos como novos reforços dos rivais paulistas. Seria este o primeiro duelo entre os clubes? Quem se deu melhor?

Continue lendo “Está aberta a competição do melhor camisa 9 do futebol paulista”

O alto preço que o Corinthians pagou pela parceria com a MSI

O Corinthians viveu altos e baixos em curto espaço de tempo depois de assinar uma parceria obscura com a MSI, um grupo de investimentos desconhecido. A presença do empresário Kia Joorabchian e a injeção de dinheiro fizeram o clube paulista contratar astros como Carlos Tévez e alcançar o título brasileiro de 2005. Mas a conta do sucesso veio rapidamente.

Continue lendo “O alto preço que o Corinthians pagou pela parceria com a MSI”

Não conseguir contratar um craque não é vexame, mas o Corinthians se superou

A recusa de Didier Drogba ao Corinthians é perfeitamente normal. Mas o auê da imprensa e as barrigadas sobre o acerto do marfinense com o clube paulista tornaram a novela em uma comédia pastelão e um prato cheio para os rivais. Postura do Timão foi péssima mesmo após o encerramento das conversas.

Continue lendo “Não conseguir contratar um craque não é vexame, mas o Corinthians se superou”

Os barrancos e a pequena grande torcida do Ecoestádio

Sábado foi dia de dar o pontapé inicial no Campeonato Paranaense de 2017. O Ecoestádio recebeu alguns torcedores para J. Malucelli e Cascavel. O tempo bom ajudou a atrair o público fiel do Jotinha e foi um bom cenário para a partida inaugural do Estadual. Estivemos lá e contamos um pouco sobre a atmosfera do Janguito.

Continue lendo “Os barrancos e a pequena grande torcida do Ecoestádio”