Toni Polster: A façanha do goleador rebaixado por clubes rivais

Veterano goleador austríaco estava na fase final de sua carreira quando passou por Colônia e Borussia M’Gladbach. Apesar de ser lembrado pela grande fase nos Bodes, saiu do clube com um rebaixamento no histórico. Um ano depois, passou pela mesma situação quando mudou de lado para defender o Gladbach.

Continue lendo “Toni Polster: A façanha do goleador rebaixado por clubes rivais”

Os dias desastrosos de Massimo Taibi no Manchester United

Contratado para ser um dos substitutos de Peter Schmeichel, o italiano Massimo Taibi deixou o modesto Venezia para estrear na pomposa Premier League. Mas em poucos jogos, sua carreira desmoronou e ele nunca mais foi o mesmo. O que diabos aconteceu com ele?

Continue lendo “Os dias desastrosos de Massimo Taibi no Manchester United”

Dario Simic foi uma farsa ou um talento incompreendido?

Cem jogos pela Croácia. Três Copas do Mundo, três Eurocopas e passagens por dois dos maiores clubes italianos: este é o currículo de Dario Simic, que para muitos, foi um grande defensor. Para outros, uma promessa jamais cumprida.

Continue lendo “Dario Simic foi uma farsa ou um talento incompreendido?”

A dura vida de Joe Cole, o rei das lesões crônicas

Queridinho da Inglaterra na década de 2000, Joe Cole despontou como um grande meio-campista e teve grandes anos no Chelsea. Dono de joelhos de papelão, foi vítima de várias graves lesões e acabou virando um nômade da bola em clubes ao redor do mundo.

Continue lendo “A dura vida de Joe Cole, o rei das lesões crônicas”

O que teria acontecido com a carreira de Milan Baros?

Destaque do Liverpool campeão europeu em 2005, o tcheco viveu seu auge até a Copa de 2006, mas nunca mais conseguiu repetir a boa forma. Teria Milan Baros estourado cedo demais para o futebol?

Continue lendo “O que teria acontecido com a carreira de Milan Baros?”

De La Peña: Lembranças eternas de uma careca sem brilho

Iván De La Peña foi um dos principais jovens promovidos das canteras do Barcelona na década de 1990, mas ofuscado pela chegada de Louis Van Gaal ao comando blaugrana, perdeu espaço e anos depois se contentou em brilhar no Espanyol. Pouco para muitos, mas não para ele.

Continue lendo “De La Peña: Lembranças eternas de uma careca sem brilho”

A carreira de van der Meyde foi destruída pelo azar e pela farra

Hábitos boêmios e vida frenética fora dos campos abreviaram uma carreira que tinha tudo para ser brilhante. Revelação do Ajax nos anos 2000, Andy van der Meyde chegou a dar voos altos na Europa, mas acabou caindo anos depois sem nenhum pedaço do prestígio que sonhara.

Continue lendo “A carreira de van der Meyde foi destruída pelo azar e pela farra”

Mark Williams, o sul-africano esquecido que passou pelo Corinthians

Credenciado por uma ótima atuação na Copa das Nações Africanas em 1996, Mark Williams chegou como uma aposta do Corinthians, mas saiu sem deixar sua marca. Primeiro africano a defender o Timão, atacante ainda teve muitos anos de carreira e rodou pelo mundo até sua aposentadoria, em 2003.

Continue lendo “Mark Williams, o sul-africano esquecido que passou pelo Corinthians”

O craque de vidro que volta para casa encerrar a carreira

rosicky-sparta

Tomas Rosicky chega ao ponto final de sua carreira para defender o Sparta Praga, clube que o lançou ao estrelato. Meia tcheco era o mais talentoso depois da Era Nedved, mas não conseguiu vencer as lesões e ficou marcado por ter “pernas de vidro”.

Continue lendo “O craque de vidro que volta para casa encerrar a carreira”

Giuseppe Rossi, o “Pedrinho italiano” em sua luta contra as lesões

Giuseppe Rossi

Atacante italiano nascido nos Estados Unidos está de volta à Fiorentina após uma temporada emprestado ao Levante, rebaixado na Espanha. Carreira de Giuseppe foi marcada por lesões e escolhas erradas. Aos 29 anos, ele é o retrato do que poderia ter sido e provavelmente nunca virá a ser.

Continue lendo “Giuseppe Rossi, o “Pedrinho italiano” em sua luta contra as lesões”