Liga dos Campeões feminina conhece as quatro equipes semifinalistas

Já estão definidos os semifinalistas da Liga dos Campeões feminina. Após o último jogo da fase de quartas de final, realizado nesta quinta-feira, o Manchester City ficou com a vaga ao vencer o Fortuna, da Dinamarca. Duelos de peso estão programados para o fim do mês de abril.

LEIA MAIS: O sonho da Champions continua vivo para as meninas do Manchester City

Agora o bicho vai pegar. Os quatro últimos sobreviventes da Champions feminina já conhecem seus adversários. Na tarde de quinta-feira, o Manchester City aumentou ainda mais a sua vantagem sobre as dinamarquesas do Fortuna, com uma vitória por 1-0, gol de Lucy Bronze, ainda no primeiro tempo.

As inglesas já haviam vencido na ida para ficar com a vaga. Agora a equipe da americana Carli Lloyd enfrentará o Lyon em duelo dificílimo valendo a classificação para a final. Mas outras jogadoras brilharam nesta fase.

Na quarta-feira, três partidas decretaram as outras semifinalistas. Em Paris, o PSG detonou o Bayern por 4-0, com show de Cristiane, que marcou duas vezes. Além dela, Delie e a capitã Cruz marcaram para as francesas, que passaram por cima da equipe bávara. Detalhe: o PSG foi para o intervalo com a vantagem de 3-0. Uma aula de futebol por parte das mandantes no Parc des Princes.

Alex Morgan estreou na Champions pelo Lyon, mas as francesas perderam para o Wolfsburg, em casa. Menos mal que na Alemanha, um placar de 2-0 deu enorme vantagem para a equipe. Hansen fez de pênalti no fim da segunda etapa e até trouxe alguma esperança para as Lobas, mas não foi o suficiente. Diante de um time entrosado como o do Lyon, a eliminação era até natural para as germânicas. Além da americana, a equipe francesa conta com as craques Maroszán, Abily, Seger e Hegerberg.

O Barcelona, bem, foi o Barcelona. As meninas catalãs derrotaram o Rosengard de Marta e avançaram para a próxima fase. Com bom público no Mini Estadi, elas fizeram valer o mando de campo e impuseram um 2-0 contra as suecas, graças aos gols de Jenni Hermoso e Mariona Caldentey, ambos na segunda etapa.

Os duelos

Abily, do Lyon, tenta se desvencilhar da marcação de duas atletas do Wolfsburg

As atuais campeãs do Lyon terão um osso duro de roer pela frente. Enfrentarão o Manchester City, em um duelo particular de duas americanas que venceram a última edição da Copa do Mundo: Alex Morgan, pelo lado francês, e Carli Lloyd, defendendo as inglesas. Neste contexto, o Lyon é ligeiramente favorito. O City estreou nesta temporada na competição e não possui tanta experiência para buscar a sua primeira participação em decisões. Entretanto, com a melhor do mundo de 2016 em campo, não se pode duvidar.

Já a outra chave coloca Paris Saint-Germain e Barcelona frente a frente, e apesar da motivação catalã, as parisienses chegam com enorme vantagem. O time tem Cristiane e Formiga no elenco, sem falar em Delannoy, Delie, Georges, a espanhola Verónica Boquete e a capitã Shirley Cruz, que já tem dois títulos no torneio pelo Lyon.

Para surpreender e tentar o primeiro título de uma equipe espanhola, o Barça depende do talento da capitã Unzué, a atacante Hermoso e as meias Ouahabi, Putellas e Losada. Na última edição da Champions, o PSG enfrentou o Barça nas quartas de final e venceu. Certamente as espanholas estão com aquela eliminação na cabeça para disputar a revanche.

Entre 22 e 29 de abril as semifinais serão realizadas. A final está marcada para o dia 1º de junho, no Millennium Stadium, em Cardiff, local que também receberá a decisão masculina desta temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *