Brasileiraço: Em algum lugar perdido no tempo

portuguesa-cai-para-a-d

Portuguesa não consegue se safar na última rodada e cai para a Série D, batendo no fundo do poço. Fase crítica da Lusa gera comoção até em quem não é torcedor do clube. Na Série A, Palmeiras segue líder e o Flamengo vem na cola. Grêmio entra em espiral decadente e troca de técnico.

Série A, R26: De volta para 1983

gremio-apresenta-renato

Depois de perder Roger Machado, o Grêmio se mexeu rápido. Providenciou uma volta ao passado, mais precisamente em 1983, quando foi campeão mundial com Renato Portaluppi de destaque e Valdir Espinosa no banco. A dupla retorna ao tricolor 33 anos depois, com funções diferentes, mas missão parecida: devolver o prestígio ao clube gaúcho. Para isso, a dupla precisa tirar o time da lama, depois de uma série negativa que culminou com a queda para a 11ª posição. Antes no bolo dos que brigavam pelo título, agora o Grêmio se mistura com o pelotão do meio da tabela. Ainda não se sabe qual efeito terá a chegada de Renato nos vestiários. O que a equipe precisa é de confiança e uma injeção de moral para voltar a vencer. Mas é certo de que 2016 foi um ano de frustração para o gremista.

Em assuntos nem tão relacionados assim, o Palmeiras venceu o Corinthians no dérbi paulista da rodada, por 2-0, provocando a demissão de Cristóvão Borges. A superioridade técnica ficou implícita e o Verdão passeou em campo, saindo com muita moral de uma sequência dificílima contra Fluminense-São Paulo-Grêmio-Flamengo-Corinthians, somando 11 pontos em 15 possíveis. Uma arrancada que pesa muito na luta pelo título que não vem há 23 anos.

O grande adversário dos palmeirenses é o Flamengo, que também tem mostrado consistência e força para somar seus pontos. No domingo, o Fla jogou no Pacaembu lotado e bateu o Figueira por 2-0, com sobras. Belo trabalho de Zé Ricardo no comando técnico, isso porque o rapaz era interino após a saída de Muricy Ramalho. Treinador bom se faz em casa na Gávea?

Encerrando os destaques da elite nacional, temos o Atlético Mineiro, que estava vencendo o Cruzeiro no clássico local do Mineirão e sofreu o empate, pelos pés de Robinho. O tropeço fez o Galo ficar a cinco pontos de distância do Palmeiras e quatro do Flamengo. Claro que ainda pode acontecer muita coisa nestas 12 rodadas, mas se desgarrar da briga é um erro que não se pode cometer na reta final. Logo atrás está o Santos, que a duras penas derrotou o desesperado Santa Cruz, no Pacaembu. Quedas de energia dificultaram a realização da partida e o placar de 3-2 foi prova de que testemunhamos um belo de um jogo debaixo de chuva na capital paulista.

Craque da rodada: Keno, que carregou o Santa Cruz nas costas fazendo dois gols contra o Santos. Pena para ele que o Peixe acabou vencedor do duelo.

Buzina da rodada: Grêmio, que perdeu para o Fluminense em casa e só não contratou Celso Roth para substituir Roger porque ele está no comando do Internacional.

Placares: Corinthians 0-2 Palmeiras, Flamengo 2-0 Figueirense, Cruzeiro 1-1 Atlético Mineiro, Grêmio 0-1 Fluminense, Atlético Paranaense 1-0 São Paulo, Chapecoense 2-2 Ponte Preta, Sport 0-1 Coritiba, Vitória 0-1 Botafogo e Santos 3-2 Santa Cruz. América Mineiro e Inter jogam nesta segunda-feira, às 20h. Duelo de integrantes do Z4.

Série B, R26: Bahia respira o ar da Série A

bahia-goleia

O Bahia está no G4 de novo. Depois de tanto tempo e tanta luta, o Tricolor de Aço detonou o Goiás por 4-2 na Fonte Nova e voltou a sonhar com o acesso. O trabalho de Guto Ferreira ainda não foi aquela maravilha que esperamos, mas ao menos o técnico conseguiu devolver a esperança à torcida. Em quarto lugar, a equipe baiana ainda encostou no Brasil de Pelotas, que está em terceiro e um ponto a frente. Reviravolta próxima?

Lá em cima, o Vasco segue na ponta e tranquilão rumo ao título. Com os mesmos 48 pontos do Atlético Goianiense, que é o segundo colocado, o Cruzmaltino apenas faz a sua parte para subir com antecedência. Que eles vão ser devolvidos à Série A, é certeza, resta saber se como campeões. O time que sobrava no início parece ter perdido o fôlego. Outro que sonha com o G4 é o Avaí, que emplacou três vitórias seguidas e chegou aos 39 pontos, que por acaso é a mesma pontuação de Bahia, CRB, Londrina e Ceará. É simplesmente maluca esta reta final na Série B, vale acompanhar o clímax.

Placares: Brasil de Pelotas 1-2 Criciúma, Vila Nova 0-0 Luverdense, Vasco 2-0 Joinville, Sampaio Correia 1-1 CRB, Atlético Goianiense 2-0 Paraná, Avaí 2-0 Bragantino, Náutico 3-1 Paysandu, Londrina 1-1 Ceará, Bahia 4-2 Goiás, Oeste 0-0 Tupi.

Série C, R18: Muito perto do fim da linha

portuguesa-na-d

Tudo começou em 2013, com aquele episódio estranho da escalação de Héverton. Um rebaixamento para a Série B, depois para a Série C. Uma campanha ruim em 2015 e o desastre nada surpreendente de cair para a quarta divisão em um processo doloroso. A Portuguesa está na Série D em 2017 e terá de conseguir o acesso se quiser disputar alguma competição nacional em 2018. O drama se estende ao Estadual, onde a Lusa joga a Série A-2 do Paulista.

É muita adversidade para um time só, que há três anos tentava se manter na primeira divisão. Na verdade, teria conseguido, não fosse a bizarra intervenção do STJD, que salvou o Fluminense de cair um ano após ser campeão. E a gente nunca vai esquecer do campeonato que foi definido nos Tribunais. Nem devemos nos esquecer. Sem dinheiro, perto de não ter onde jogar e sem apoio. Que a Portuguesa tenha muita força para se reerguer de seu inferno particular.

Como nem tudo é desgraça na Série C, tivemos os classificados para o mata-mata definidos no último domingo. Pela chave A, Fortaleza, ABC, Botafogo-PB estão nas quartas, enquanto na B, Guarani, Boa Esporte, Botafogo-SP e Juventude avançam. Foi uma rodada dramática para quem ainda sonhava com uma vaguinha.

No Grupo A, não tivemos alteração nos quatro primeiros. As posições ficaram iguais às do último fim de semana. Dos cinco jogos deste agrupamento, apenas um teve vencedor: O Confiança derrotou o Salgueiro e quase rebaixou os pernambucanos. Caíram River e América-RN, que empatou com o Remo e só chegou aos 20 pontos, um a menos do que o Carcará.

Pela outra chave, O Tombense, que derrotou a Portuguesa por 2-0, ficou a um ponto da classificação. E o Ypiranga, que estava no G4, só empatou com o Guarani em casa e acabou sendo eliminado. Bem como já foi dito, os rebaixados são Guaratinguetá (óbvio desde o começo) e Portuguesa. O Macaé se salvou ao empatar com o Botafogo-SP no Moacyrzão, mas mesmo se perdesse, também escaparia da degola.

Jogos das quartas de final da Série C: Juventude x Fortaleza, Botafogo-PB x Boa Esporte, Botafogo-SP x ABC e ASA x Guarani. Querem um humilde palpite? Passam Juventude, Botafogo-PB, Botafogo-SP e Guarani.  

Série D, semifinais

Volta Redonda 3-1 Moto Club, 4-2 no agregado
São Bento 1-0 CSA, 1-2 no agregado

CSA e Volta Redonda fazem a final da Série D nos dias 25/09 e 02/10. O primeiro jogo é no Rei Pelé, em Maceió e o tira-teima é no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Os horários ainda não foram definidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *