Nem Rangers, nem Celtic. Hibernian é o time mais legal da Escócia

JS13784085

Se pra você a Escócia é só William Wallace, o monstro do Lago Ness, os homens de kilt, o whisky e as gaitas de fole, você está bem enganado. Melhor que tudo isso é o time local e algumas das melhores bandas britânicas de que se tem notícia. Você certamente ouviu muitas delas sem imaginar que eram de Edimburgo. Não importa a sua idade, em algum momento da vida uma banda escocesa vai cruzar o seu caminho. Quanto à combinação futebol e música, meu conselho é: aprecie sem moderação.

Sábado passado, o Hibernian conquistou um lugar na final da Copa da Escócia, vencendo o Dundee United na disputa de pênaltis por 4 a 2, graças a uma partida ao melhor estilo Fernando Prass do goleiro Conrad Logan. Você que gosta do futebol raçudo, futebol de raiz, sabe que estou falando do time mais bacana da Escócia, não é? Ele é verde. Ele é cult. Ele tem os melhores torcedores. Ele tem os “Famosos 5”, que encantaram o mundo e quase vieram parar no Vasco. E rendeu esta playlist simplesmente sensacional. Precisa dizer mais alguma coisa? Sim!

Hibernia é a palavra romana para Irlanda, então nada melhor que usá-la para batizar um time de malucos irlandeses. Assim, em  1875, nasceu o Hibernian, ligados ao movimento revolucionário irlandês, no bairro de Leith, em Edinburgo, capital escocesa. Resistência é a palavra ordem e nem as andanças pela segundona ou chegar às portas da falência conseguiram abalar o espírito por lá. Quem torce pro Hibs é acima de tudo um forte.

A lista de torcedores é recheada de gente famosa. Irvine Welsh, genial escritor que, entre outras coisas, presenteou a humanidade com Trainspotting é Hibby desde criancinha.  O tenista Andy Murray é outro ilustre defensor das cores do Verdão da Escócia. O ator Dougray Scott, várias vezes cogitado para ser 007, que pode ser visto em Impacto Profundo, Missão Impossível II, Enigma e Desperate Housewives, não esconde sua paixão de ninguém. Fish, lendário vocalista do Marillion, pode ser visto nas arquibancadas do Easter Road.

Temos também toda a maravilhosidade de Shirley Mason, do Garbage. Roddy Frame, vocalista da banda Aztec Camera, garante seus ingressos permanentes para toda e qualquer temporada, seja em que divisão for. Mas o caso de amor mais profundo é o da banda The Proclaimers, que dedicaram não uma, mas três músicas pro Hibernian e ainda colaboraram ativamente na campanha “Hands off Hibs”, que ajudou a tirar o time do buraco em 1990. E não podemos esquecer de Alex Rolim, o cara pra quem esta playlist é dedicada.

Renton

Até na ficção o time mais verde que as pastagens escocesas se destaca. Quando Danny Boyle adaptou Trainspotting para o cinema, deu ao Hibs papel de destaque. Begbie, nosso psicopata favorito, aparece endossando a gloriosa camisa do time numa partida de society. Renton, o personagem principal, além da camisa verde e branca, tem a parede do quarto cheia de posters do clube.

Ribus

Um caso curioso é o do Inspetor Rebus, personagem da série de livros do escritor Ian Rankin que, na adaptação para TV, virou a casaca e passou de torcedor do Raith Rovers à fanático pelo Hibernian a ponto de frequentar um pub que vive cheio de Cabbages em dia de jogo. Ironicamente, o ator que interpreta o inspetor, Ken Stott, torce para o arquirrival Hearts.

O Hibernian pode não ser o time mais vitorioso da Escócia, mas tem história. Foi o primeiro time britânico a participar do Mundial de Clubes, no Rio em 1953. Também foi convidado para a primeira Copa Europa, em 1955, mesmo tendo terminado o campeonato escocês em 5º lugar. E não fez feio! Caiu na semifinal contra o Reims, que terminou perdendo pro Real Madrid na final.

Se isso não bastasse, o Hibs tem os melhores atacantes da história do futebol escocês. Gordon Smith, Bobby Johnstone, Lawrie Reilly, Eddie Turnbull e Willie Ormond, conhecidos como “Os Cinco Famosos”, tem lugar de honra no Hall da Fama da Federação Escocesa e, na reforma de 1995, a Curva Norte do estádio Easter Road passou a ser dedicada a eles. Depois do Mundial de Clubes, em 53, o Vasco tentou de todas as maneiras contratar Johnstone e Turnbull e os escoceses gostam de dizer que os ‘Cinco’ foram a inspiração para a geração seguinte do futebol brasileiro.

Eddie Turnbull, não contente em ser um dos maiores jogadores da história do clube, voltou como treinador, em 1971. Com Eddie no comando os “Tornados de Turnbull” chegaram a ser a terceira força do futebol escocês, com dois vice campeonatos, em 1974 e 1975, e o título da Copa da Liga em 1972. Também foram bicampeões da Crybrough Cup em 1972 e 1973, mas a maior façanha para a torcida é a vitória por 7×0 em cima do Hearts, maior rival, na casa do adversário em 1973.

Hibs-Special-Five

A playlist de hoje tem o crème de la crème da música escocesa. É provável que algum torcedor do Hearts tenham se infiltrado na lista. Nunca se sabe. Aumenta o volume e aperta o play.

Hibs Don’t Lie

1- The McKinleys  – Sweet & Tender Romance (1964)
2- Bay City RollersI Only Wanna Be with You (1975)
3- The Rezillos  – Flying Saucer Attack (1978)
4- Bill BarclayHey Jimmy (1979)
5- Josef KSorry For Laughing (1981)
6- Fire EnginesCandyskin (1981)
7- ScarsAll About You (1981)
8- Big CountryIn A Big Country (1983)
9- MarillionFugazi (1984)
10- The WaterboysThe Whole of the Moon (1985)
11- The Shop AssistantsAll Day Long (1986)
12- Aztec CameraSomewhere In My Heart (1987)
13- The ExploitedSexual Favours (1987)
14- The ProclaimersI’m Gonna Be (500 Miles) (1988)
15- The Jesus And Mary ChainHead On (1989)
16- Deacon BlueReal Gone Kid (1991)
17- The Nectarine No. 9This Arsehole’s Been Burned Too Many Times Before (1995)
18- ShoogleniftyA Whisky Kiss (1996)
19- The KaisersLove Potion Number Nine (1997)
20- GarbageShut Your Mouth (2001)
21- Arab StrapThe Shy Retirer (2003)
22- The PratsDisco Pope (2003)
23- Scotland Yard EmceesNow U Know (2003)
24- KT TunstallSuddenly I See (2004)
25- Tacoma RadarWho’s Gonna Hold the Line (2004)
26- IdlewildNo Emotion (2007)
27- We Were Promised JetpacksQuiet Little Voices (2009)
28- Isa & the Filty TonguesBig Star (2009)
29- Shirley MansonIn The Snow (2009)
30- MeursaultWhat You Don’t Have (2010)
31 – Oi PolloiL.I.N.U.X. (2012)
32- The Birthday SuitA Bigger World (feat. Scott Hutchinson) (2013)
33- Young FathersShame (2015)
34- Boots for Dancing(Let’s All) Hesitate (2015)
35- Universal TheeHamlet 3 (2016)

Bônus tracks – Chants at Easter Road

The ProclaimersSunshine on Leith
Hector NicolGlory, Glory to the Hibees
Hibernian Football TeamHibernian (Give Us a Goal)
The ProclaimersCap in Hand
Colin ChisholmHibs’ Heroes (Hibee Hibernian)
FishLucky
The ProclaimersThe Joyful Kilmarnock Blues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *