O orgulho de Manchester: entre o futebol e a música

City x United

Todo Futebol estreia editoria especialmente planejada para os que apreciam futebol e música. A cada post, faremos uma playlist temática. Nada melhor do que começar com o grande clássico de Manchester entre United e City. Coloque seus fones de ouvido.

Manchester, England, England, across the Atlantic Sea…” grita o refrão da canção de Hair – a peça, o filme, escolha o seu -, mas Manchester não é só isso. Esqueça Londres, esqueça Liverpool, Manchester é a cidade mais famosa quando o assunto é futebol. E, de quebra, produziu algumas das melhores bandas dos últimos 35 anos.

Berço da Revolução Industrial, ao que parece a feiura cinzenta e gélida é propícia para o surgimento de novas ideias tanto sociais quanto culturais. Foi lá, por exemplo, que surgiu o movimento sufragista feminino e onde aconteceu o encontro de Friedrich Engels e Karl Marx. Manchester só não é democrática quando o assunto é futebol. Por lá, se você não é United, é City e fim de papo.

A rivalidade não está restrita aos confins de Old Trafford ou do Etihad Stadium. Algumas bandas da cidade competiram, discutiram, se odiaram por décadas. Talvez menos do que os irmãos Gallagher odeiam um ao outro mas na música, como no futebol, as paixão são insanas e inexplicáveis.

Para resolver o problema, fizemos duas playlists bastante democráticas de músicos que são fanáticos torcedores tanto dos Reds quanto dos Blues. Na nossa arquibancada punks, pops, góticos, depressivos e indies convivem pacificamente. Divirtam-se!

MANCHESTER UNITED

United rock Lilian

  1. Richard Ashcroft (The Verve) – Bitter Sweet Symphony
  2. Ian Brown (The Stone Roses) – She Bangs The Drums
  3. Shaun Ryder (Happy Mondays) – Hallelujah 
  4. Peter Hook (Joy Division/New Order) – Round and Round
  5. Larry Mullen (U2) –  Where The Streets Have No Name
  6. Harry Styles (One Direction) – Live While We’re Young
  7. Morrissey (The Smiths) – Suedehead
  8. Mick Hucknall (Simply Red) – Holding Back The Years
  9. Curt Smith (Tears for Fears) – Mad World
  10. Simon LeBon (Duran Duran) – Is There Something I Should Know?
  11. Tom Yorke (Radiohead) – Paranoid Android

MANCHESTER CITY

Manchester City bandas

  1. Ian Curtis (Joy Division) – Transmission
  2. Mark E. Smith (The Fall) – Mr. Pharmacist
  3. Noel Gallagher (Oasis) – Little by Little
  4. Billy Duff (The Cult) – Revolution
  5. Jimi Goodwin (Doves) – Black And White Town
  6. Jason Orange (Take That) – Back For Good
  7. Jim Glennie (James) – Sit Down
  8. Rick Wakeman (Yes) – Catherine Of Aragon
  9. Johnny Marr (The Smiths) – There Is A Light That Never Goes Out
  10. Mark Burgess (The Chameleons) – Tears 
  11. Liam Gallagher (Oasis) – Don’t Look Back In Anger

Um pensamento em “O orgulho de Manchester: entre o futebol e a música”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *