Zidane estreia novamente pelo Real na Champions diante da Roma

French Zinedine Zidane (R) vies with Tommasi (L) o
Foto: Getty

O verão de 2001 foi quente, não só pelas altas temperaturas, mas pelas transferências no mercado da bola. A maior de todas foi a contratação de Zinedine Zidane pelo Real Madrid. Depois de disputar 212 partidas com a camisa bianconera da Juventus e marcar 31 gols, sendo 24 na Serie A, Zizou resolveu trocar o frio de Turim pela agitação de Madrid.

Na transferência mais cara do futebol naqueles tempos, 75 milhões de euros, o francês se juntou aos galácticos. Escolheu a camisa 5, que pertencia a Manuel Sanchís, recém aposentado depois de defender as cores do Real por 524 jogos, de 1983 a 2001.

LEIA TAMBÉM: Relembre os gols de Zidane pelo Real Madrid

Galácticos na Liga dos Campeões

Foto: Getty
Foto: Getty

No dia 24 de outubro de 2001, Zidane estreou com os merengues contra a Roma no Santiago Bernabéu, pela fase de grupos da Liga dos Campeões de 2001-02. Mesmo enfrentando a campeã italiana, o time de Vicente del Bosque era favorito, muito favorito. Francesco Totti abriu o placar aos 35 minutos do primeiro tempo, mas o Real empatou num pênalti cobrado por Luís Figo. Ficou por isso mesmo.

A partida de ida entre os dois clubes aconteceu em 11 de setembro de 2001, dia dos ataques terroristas aos Estados Unidos, um acontecimento tão surreal que quase ninguém se lembra da partida. Zidane não jogou porque estava suspenso. O Real venceu por 2-1, no Olimpico, com gols de Figo e Guti e pavimentou ali o caminho até o nono título da Champions. Na final contra o Leverkusen, Zidane foi o autor do segundo gol madridista, em um lance de pura genialidade.

LEIA TAMBÉM: O mundo contra Zidane: quando o francês fez papel de vilão

Zizou, o treinador: uma nova estreia diante da Roma

Foto: AP Images
Foto: AP Images

No dia 14 de dezembro de 2015, quando foi realizado o sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões, o treinador do Real era Rafa Benítez. Zidane era apenas o técnico do Real Madrid Castilla, equipe de reservas e juvenis que disputa a terceira divisão do campeonato espanhol. Em uma das muitas viradas do destino, no dia 4 de janeiro de 2016, Zizou foi promovido a treinador da equipe principal.

Sua estréia na Champions como técnico é exatamente contra a Roma. Daquele time de 2001, apenas o eterno Francesco Totti estará em campo. Bom, não exatamente em campo, uma vez que o capitão romanista está brigando com problemas físicos desde setembro do ano passado, ficando quase sempre no banco de reservas.

Os números de Zidane jogador na Champions League não são impressionantes como os de Cristiano Ronaldo ou Messi: 47 jogos e apenas 9 gols marcados. Mas contra a Roma, o saldo é positivo: 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota. O que será que sai disso hoje? Vamos aguardar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *