Sexta das Camisas: Célebres homenagens ao Brasil

Foto: EBC
Foto: EBC

Ah, que beleza ser brasileiro! O país do futebol, pentacampeão mundial, berço de milhares de craques reverenciados pelo talento. O Brasil tem não só a seleção mais vencedora de todas como uma das combinações de uniforme mais bonitas da Terra. E é mais ou menos por aí que a gente vai andar nesta edição da Sexta das Camisas.

Quantos uniformes você se lembra que fizeram referência ou uma homenagem ao Brasil? Então, certamente mais de dez. Pegaremos aqui os exemplos mais recentes e/ou memoráveis. Sabemos também que a Nike e a Adidas lançaram linhas em 2014 para aproveitar a onda da Copa do Mundo, mas esses vocês já estão carecas de ver.

É claro que vai faltar algum, então, se você por um acaso tiver algo que ficou de fora da nossa lista, pode acrescentar aí nos comentários. Vamos logo ao que interessa.

Bayern de Munique 1983, Adidas

Foto: Footy fair
Foto: Footy fair

Graças a Uli Hoeness, que era diretor comercial do Bayern em 1983, o time alemão pediu para que a Adidas fizesse um uniforme especial com as cores do Brasil. Na ocasião, os bávaros não conseguiam ganhar do Kaiserslautern de jeito nenhum fora de casa desde 1975, incluindo algumas goleadas. Para colocar um fim ao jejum, o Bayern fez mistério e estreou a peça ainda a caminho do túnel para entrar no campo. Chegando lá, a confiança dos jogadores cresceu e eles puderam atuar com dignidade. O placar foi de 1-0 para o Bayern, gol de Augenthaler. O clube alemão usou o terceiro uniforme “brasileiro” por mais duas temporadas. Marcante.

Milan 2014-15, Adidas

Foto: World Soccer Shop
Foto: World Soccer Shop

Depois da Copa do Mundo de 2014, quem resolveu dar uma mexida no terceiro uniforme foi o Milan. Com Robinho e Kaká no elenco, a Adidas inventou moda e fez um uniforme que parece mais velho do que uma homenagem à Seleção. Bonito, mas preguiçoso.

Olympique de Marselha 2013-14, Adidas

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Eu não sei falar francês, mas a segunda frase aí do anúncio diz algo como “inspiração do Brasil” e é tudo que você precisa saber. Essa peça, também da Adidas, ficou bonita pelo fato do tom de azul combinar com as faixas clássicas em verde e amarelo. Também foi uma camisa que pegou carona na Copa do Mundo, onde aparentemente todas as nações (exceto a Alemanha e a Argentina) estavam torcendo para que o Brasil fosse campeão. Apesar da balela, ficou bonita.

Coventry 12-13, Puma

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Homenagem bem feita mesmo foi a da Puma no uniforme reserva do nosso querido Coventry City, da terceira divisão inglesa. Os caras honraram mesmo a proposta e fizeram tudo nas devidas cores. Sem mais a acrescentar, constitui um acerto.

Mamelodi Sundowns 15-16, Nike

Foto: Soccer Laduma
Foto: Soccer Laduma

Os sul-africanos do Mamelodi Sundowns, de Pretoria, costumeiramente vestem as cores presentes no uniforme da Seleção Brasileira. Essa camisa em questão, o titular, não é uma homenagem. O conceito das cores escolhidas para os Sundowns em si é uma referência ao Brasil, tanto é que o apelido do time é “The Brazilians”. E essa ainda ficou melhor que a camisa original da Seleção, hein?

Chapecoense 2013-14, Umbro

Foto: Mantos do Futebol
Foto: Mantos do Futebol

A Umbro encheu o peito para fazer uma linha alusiva ao Brasil no fim de 2013. Como era a fornecedora da CBF no ano do Tetra, portanto 20 anos antes da Copa do Mundo de 2014, a marca deu para Chapecoense, Remo e Atlético Paranaense camisas especiais com lembranças do título conquistado em solo americano. A Chapecoense, que subiu para a Série A em 2013, ganhou essa daí de cima. Muito legal a lembrança.

Atlético Paranaense 2013-14, Umbro

Foto: Furacão
Foto: Furacão

A mesma história da camisa acima, só que em azul e do Atlético Paranaense. Imagina que a Umbro iria fazer uma em verde e amarelo para o Furacão, com toda a rivalidade em relação ao Coritiba, né?

Palmeiras 2013-15, Adidas

Palmeiras camisa amarela 2013
Foto: Placar

No jogo do acesso para a Série A em 2013, o Palmeiras estreou uma camisa belíssima em verde e amarelo, com calção e meias alusivas ao Brasil. Porém, a justificativa da Adidas não foi a carona na Copa, mas sim uma homenagem ao dia em que o clube representou o Brasil em um amistoso contra o Uruguai, na inauguração do Mineirão, em 1965. Ok, então. O problema é que em 2015 a Adidas relançou (sim, elas esgotaram rapidamente) a mesma camisa com o preço de 249 reais. Ok, então…

Corinthians 2014, Nike

Foto: GloboEsporte.com
Foto: GloboEsporte.com

A camisa amarela do Corinthians fez o maior sucesso entre os torcedores, apesar de não ter rigorosamente nada a ver com a seleção brasileira. Mas aí, claro, cabe a explicação de que jamais os corintianos iriam permitir a inclusão do verde em qualquer peça do clube. Com razão, inclusive. Aí ficou este uniforme em mostarda e preto como breve menção ao Brasil. Já que vocês disseram, quem sou eu para questionar, não é mesmo?

Coritiba 2014, Nike

Coxa camisa amarela 2014

O Coritiba também entrou na moda e a Nike fez uma camisa em amarelo e verde para 2014. Só que há um pequeno problema: esse branco aí não tem nada a ver com a história. No fim, parece que temos uma peça remendada, ou duas camisas em uma só. Lamentável. Mas vendeu, né, fazer o quê?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *