10 minutos de Ronaldo em rolinhos

Separamos um compilado de dribles desconcertantes aplicados por Ronaldo, que antes de ganhar seus quilinhos alegando hipotireoidismo, era um demônio com a bola nos pés, apresentando um vasto arsenal de fintas.

Ronaldo não era chamado fenômeno à toa. Quando estava no seu auge pelo Barcelona, o atacante brasileiro deitava e rolava nas defesas adversárias. Corria e driblava como quem tivesse a bola grudada nos pés, arrancava até a área como um tanque e tinha recurso de sobra para tirar dos zagueiros.

E nessa fase da carreira em especial, Ronaldo era mestre na arte do rolinho. Os anos que precederam sua primeira lesão grave no joelho mostravam um jogador muito versátil e talentoso. Quando podia depender do físico, o carequinha era um pesadelo para os goleiros, somando essas características ao seu alto poder de finalização.

Ronaldo era sem dúvida um centroavante completo. Um homem de ataque que por incrível que pareça, tinha o cabeceio como ponto fraco. Não que ele sentisse falta disso nos seus gols. Se alguns dizem que ele viveu seu auge pelo Barcelona, não somos nós que vamos contestar essa tese.

Pois aqui vai um vídeo que consolida o argumento de que o brasileiro foi sim um dos grandes jogadores do seu tempo, isso antes das lesões que quase lhe ceifaram alguns anos de carreira. Showman? Sim. Ronaldo ganhou com muita justiça o apelido de fenômeno. Pelo que fez em campo e nas recuperações milagrosas fora dele. Bem, o resto não vem ao caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *