Um belo azarão de recordista

Mateja Kezman é detentor de um recorde inimaginável para um atleta de seu porte: campeão nacional cinco vezes por cinco clubes diferentes, o sérvio supera nomes como Deco e Rivaldo nessa estatística.

O sonho de todo jogador que se preze é conquistar uma Copa do Mundo, uma Liga dos Campeões, coisa e tal. Isso você já sabe. Alguns outros se superam no palmarés e colecionam taças de campeonatos nacionais, mundo afora. Dentro desse universo, fica a pergunta: E se alguém viesse lhe falar que o único atleta que conseguiu vencer cinco campeonatos nacionais diferentes é Mateja Kezman, qual seria sua reação? NOOOOSSA, JÁ PENSOU QUE LOUCO? Pois é, meu amigo, o sérvio está liderando um rol de grandes atletas que já alcançaram essa façanha, não pense que estamos aqui de palhaçada com a sua cara. O jornal inglês The Guardian levantou essa bola na seção de perguntas dos leitores.

Tá bom, o advento do amigo internauta quase sempre é uma tormenta, um pé no saco, uma espinha dentro do nariz, mas esse experimento dos ingleses em especial, deu certo. E aí um rapaz resolveu perguntar quem eram os recordistas de títulos em campeonatos de diferentes países. Quem ganhou? TCHANÃAAA! Kezman.

Vocês já devem ter lido o perfil do rapaz por aqui na TF, mas é sempre bom reforçar. Vamos lá: Mateja venceu o Campeonato Iugoslavo pelo Partizan em 1998-99, a Eredivisie pelo PSV em 2000-01 e 2002-03, a Premier League pelo Chelsea em 2004-05, o Campeonato Turco pelo Fenerbahçe em 2006-07 e por fim o Campeonato Bielorrusso com o BATE Borisov em 2011. Cinco troféus por cinco clubes em ligas diferentes, olha só que beleza.

Se você contar a Copa da França de 2009-10 pelo PSG, chegamos a seis, mas como estamos falando de ligas, exclusivamente, não entra para a estatística. Interessante é que Kezman disputou apenas seis partidas na campanha do BATE em 2011, o que não tira o seu mérito (tosse braba) na conquista.

De acordo com o levantamento do Guardian, outros nomes passaram perto da marca atingida pelo sérvio. Deco (Portugal, Espanha, Inglaterra e Brasil), Mark Van Bommel (Holanda, Itália, Alemanha e Espanha) e Rivaldo (Brasil, Espanha, Grécia e Uzbequistão), mas vamos conversar que os dois últimos tem peso menor, né?

aad49-kezmantabelarecorde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *