Destaque

Ajude a TF a crescer ainda mais: entre para o XXV de Amsterdã

A Todo Futebol está às vésperas de completar seis anos de vida. O trabalho duro e as histórias que contamos trouxeram uma boa audiência e consolidaram o nosso espaço. Mas é hora de dar um passo adiante. Para continuar com a rotina, temos de contar com a sua ajuda. O momento é difícil, sabemos, mas a TF precisa de você, amigo leitor.

Continue lendo “Ajude a TF a crescer ainda mais: entre para o XXV de Amsterdã”

Eliminando Ferenc Puskas

Craque húngaro era o melhor jogador da Copa de 1954 e conduziu seu país a uma campanha memorável. Entretanto, na primeira fase, ele sofreu uma lesão grave no tornozelo, que afetou diretamente a produção ofensiva da Hungria na decisão contra a Alemanha.

Continue lendo “Eliminando Ferenc Puskas”

O Real Madrid sobrenatural que conquistou o bi da Copa UEFA

Todo mundo sabe que o Real Madrid é o maior vencedor da Liga dos Campeões e que provavelmente ainda ampliará seu vasto salão nobre com taças europeias. Mas o que você sabe sobre a história do clube na Copa Uefa? O bicampeonato no torneio em 1986 desafiou até mesmo o mais cético dos madridistas.

Continue lendo “O Real Madrid sobrenatural que conquistou o bi da Copa UEFA”

O dia em que o CSKA destronou o Dream Team no Camp Nou

CSKA Moscou fez milagre e eliminou o Barcelona dentro do Camp Nou pela Liga dos Campeões, em 1993. O Dream Team de Cruyff era o detentor do título, mas não conseguiu derrotar os russos, mesmo com um elenco recheado de estrelas.

Continue lendo “O dia em que o CSKA destronou o Dream Team no Camp Nou”

Quando o mundo conheceu o feitiço de José Mourinho

No comando do Porto, José Mourinho saltou do título da Copa Uefa até a Liga dos Campeões de maneira surpreendente. Em duas temporadas extremamente vitoriosas, o treinador fez seu nome como Mister Europa e entregou uma geração pronta para grandes desafios no futebol mundial.

Continue lendo “Quando o mundo conheceu o feitiço de José Mourinho”

Como Rafa Benítez redimiu o Valencia de sua própria sina

Três anos serviram para que Rafa Benítez tirasse o Valencia do papel de derrotado para devolver a equipe nos trilhos. Bicampeão espanhol e vencedor da Copa Uefa, o treinador saiu do Mestalla como o herói que mudou o panorama da equipe alvinegra.

Continue lendo “Como Rafa Benítez redimiu o Valencia de sua própria sina”

Os cinco anos que fizeram de Otto Rehhagel o rei de Bremen

Otto Rehhagel construiu um grande legado no Werder Bremen ao longo dos anos 1980. Superando a fama de vice, o treinador reinou ao emplacar cinco temporadas incríveis com a equipe alviverde, que deixou de ser um time irrelevante para dominar o país em seu auge.

Continue lendo “Os cinco anos que fizeram de Otto Rehhagel o rei de Bremen”

O grande Athletic que dominou o futebol espanhol em 1984

Predestinada, a equipe do Athletic Bilbao treinada por Javier Clemente jogou duro contra os rivais e garantiu um histórico bicampeonato espanhol com direito a uma dobradinha com a Copa do Rei. Os bascos peitaram o domínio dos grandes com uma geração inesquecível.

Continue lendo “O grande Athletic que dominou o futebol espanhol em 1984”

O clássico dos Países Baixos que tirou a Holanda da Copa de 1986

Antes de montar a equipe campeã europeia de 1988, a Holanda sofreu com duas ausências seguidas em Copas do Mundo. Em 1985, na repescagem continental para a Copa do México, a Laranja Mecânica foi eliminada pela vizinha Bélgica em um clássico de tirar o fôlego. Continue lendo “O clássico dos Países Baixos que tirou a Holanda da Copa de 1986”

Hans-Günter Bruns poderia ser Maradona, mas acertou a trave

Meia alemão do Borussia Mönchengladbach poderia ter feito o mais memorável entre os gols da Bundesliga, contra o Bayern, mas a façanha foi impedida por um simples e cruel detalhe: a trave.

Continue lendo “Hans-Günter Bruns poderia ser Maradona, mas acertou a trave”

Karl-Heinz Riedle: o homem certo, na hora certa

A noite inspirada de Riedle valeu ao Dortmund o tão sonhado título europeu em 1997, contra a Juventus. Campeão mundial com a Alemanha em 1990, atacante voltou do futebol italiano para mudar a história dos aurinegros.

Continue lendo “Karl-Heinz Riedle: o homem certo, na hora certa”